Abaixo vamos refletir um pouco sobre algumas razões que devem ser pensadas diante da necessidade de modernização das aplicações da sua empresa.

Nos dias de hoje podemos afirmar que modernizar aplicações e processos digitais da sua empresa é sinônimo direto de ganhos de competitividade no mercado. No entanto, apesar disso, grande parte das empresas que iniciaram seus processos de migração e adaptação para o mundo digital ainda não conseguiram concluí-los, e isso está diretamente ligado a ausência de conhecimento nas novas tecnologias, somado a falta de experiência dos profissionais e a carência de definição de processos e objetivos finais por parte da empresa.

Entretanto, o que podemos observar nos últimos meses, especialmente com a pandemia do COVID-19, é que houve um aumento substancial da busca por modernização, já que o homeoffice se tornou uma modalidade de trabalho mais aceitável e os números de compras feitas totalmente online tiveram um verdadeiro “boom”.

Então, essa nova realidade veio para permanecer eu diria, visto que o mundo se direciona cada vez mais para o controle da pandemia, a necessidade de atualizações de aplicações e sistemas não podem ser adiadas.

1- Relação entre tempo e custo

Acredito que essas sejam as primeiras razões a serem ponderadas: a necessidade de velocidade de desenvolvimento e entrega de resultados, somado a redução dos custos envolvidos no processo tem sido os principais motivos da busca por modernização. O que se identifica é que o desenvolvimento tradicional tem ficado um pouco pra trás, já que demanda muito tempo e profissionais com conhecimentos cada vez mais legados, em contrapartida, a modernização dos processos de desenvolvimento, com adesão de softwares que agilizem a entrega de resultados e que tenham componentes técnicos atuais capazes de serem entendidos por diversos profissionais disponíveis no mercado hoje, tem se tornado cada vez mais comum.

2 – Engessamento das aplicações

Hoje, se observa que as empresa tem muita dificuldade em fazer com que aplicações legadas consigam atender demandas atuais dos seus negócios, é muito mais custoso e trabalhoso, em algumas situações até impraticáveis. É uma verdadeira missão impossível adaptar aplicações antigas as novas demandas por integrações, análises avançadas e gestão de dados. Diante disso, muitas empresas tem optado por desenvolver ou refazer suas aplicações numa roupagem mais moderna e eficiente para as suas necessidades hoje.

3- Segurança

Muitos gestores apontam que tem enfrentado problemas relativos a segurança dos seus sistemas, principalmente pelo perigo de ataque de hackers. Toda essa onda de digitalização que as empresas tiveram que enfrentar, visando o ganho de agilidade de desenvolvimento e flexibilização dos seus negócios, fez com que diversas informações fossem jogadas na rede e aplicações fossem colocadas em riscos reais. Muito disso se deu porque as aplicações legadas não estão, em determinadas situações, preparadas para lidar com esse novo cenário.

4 – Ausência de profissionais   

Um outro ponto que deve ser levado em consideração é a ausência de profissionais qualificados, isso é uma queixa quase que generalizada hoje em dia, o que se vê são diversas vagas e poucos profissionais aptos para preenchê-las. E esse cenário se agrava muito mais quando se trata de profissionais que tenham conhecimento e disposição para atuar com tecnologias antigas, se sua empresa não investir em modernizações a mão de obra se tornará muito mais cara e escassa.

5- Inovação

Outro ponto a se pensar é sobre a incapacidade das empresa de promoverem inovações concretas em seus processos, se pararmos pra pensar por exemplo em Inteligência Artificial, muitas empresas dizem o que é e como aplicar em suas aplicações, mas na verdade o que nos deparamos ainda hoje em dia, é a aplicação de uma porcentagem mínima do conceito, e consequentemente, retorno muito baixo em termos de benefícios.

A longo prazo, a falta de inovação gera impactos diretos na competitividade da empresa.

6 – Experiência do usuário

A experiência do usuário deve ser considerada um fator de muita relevância na análise, isso porque são eles que decidem se suas aplicações são boas ou ruins. Geralmente, aplicações mais antigas tendem a ter muitos pontos fracos que podem facilmente serem resolvidos com tecnologias mais atuais, por exemplo, questões de interface, API’s, mobilidade, tempo de respostas, etc.

7 – Resiliência e Performance

Aplicações mais legadas tendem a apresentar muito mais falhas ao longo do tempo, inclusive isso é um dos principais motivos para a perda de lucro em muito setores. Portanto modernizar os sistemas para que se reduza os riscos de falhas e aumente a resiliência tem que ser um objetivo prioritário para sua empresa.

Conclusão:

Sendo assim, podemos dizer, sem sombras de dúvidas, que aplicações legadas são um problema, tendem a serem caras, difíces de manter e dificultam muito a empresa a acompanhar as modernizações constantes do mercado, assim como a reagir a demandas de negócios que surjam. Com esses 7 pontos espero que você possa refletir sobre as necessidades da sua empresa e que possa tomar as melhores decisões sobre modernizar suas aplicações.

Visite nosso Blog e confira mais artigos!

Por ,

9 de setembro de 2021

Compartilhar esta postagem

a

Você pode gostar também…

API: o que é e quais o Scriptcase tem disponíveis?

Entenda tudo sobre o que é uma API, pra que elas servem e exemplos de API's que já vem integradas...

6 vantagens de desenvolver um software personalizado

Em algum momento da sua vida você já deve ter se deparado com a seguinte questão: qual o mais va...

Desânimo e/ou vontade de desistir da programação? Saiba como evitar!

Você já passou por aquele momento em que o desânimo tomou conta e você pensou em desistir da á...

Você pode gostar também…

Receba novas postagens, recursos, ofertas e muito mais a semanalmente.

Nós utilizaremos seu email para te adicionar a nossa Newsletter semanal. Você pode sair desta lista a qualquer momento clicando no link no final dos emails recebidos, ou entrar em contato conosco em vendas@scriptcase.com.br. Conheça nossa Política de Privacidade.