Confira neste artigo 9 importantes tendências de desenvolvimento web e TI que você deve ficar de olho em 2022. 😉

Bem, não é novidade para ninguém que surjam sempre novas tendências para o mercado de desenvolvimento e TI no geral.

No entanto, o que podemos observar é que, após 2 longos anos de pandemia que se seguem, aconteceu um verdadeiro “boom” tecnológico. O que vemos hoje é um dos maiores avanços das tecnologias já registrados na história!

O fato é que a pandemia do coronavírus impulsionou uma verdadeira transformação digital no mundo todo. Milhares de empresas migraram para a internet e somado a isso, milhares de pessoas se aproximaram ainda mais do universo digital, por causa disso, índices de crescimento, que geralmente só eram registrados em intervalos de anos, aconteceram em questão de meses!

Com esse artigo pretendemos trazer algumas reflexões sobre as possíveis tendências que devem se fortalecer ao longo do ano de 2022.

1 – Low-code em alta!

O ano de 2022 trouxe ainda mais à tona a necessidade do ganho de agilidade no processo de desenvolvimento. Uma ferramenta low-code consegue simplificar todo o processo de desenvolvimento no geral, através da codificação mínima é possível pular etapas que requerem muito tempo no processo de desenvolvimento em si, como fluxogramas e demais ações relativas à criação de um software.

Diante dessa necessidade de agilidade e redução do tempo gasto dos processos de desenvolvimento, esse modelo se fortaleceu muito e continuará a ser uma grande aposta para os próximos anos. Principalmente devido aos fatores de ganho de tempo e simplificação dos processos, esses fatores conseguem remediar uma grande problemática atual, a ausência de profissionais com alto nível de experiência, isso no sentido de que a simplificação dos processos diminui a dependência desses profissionais na equipe.

Para além do fator ganho de tempo, a redução dos custos também torna esse modelo muito atrativo, especialmente para startups, afinal, conseguiram entregar soluções completas de forma eficiente, rápida e barata.

Esse cenário constitui uma projeção de crescimento de plataformas de desenvolvimento low-code muito positiva, segundo a GlobeNewswire, o mercado global de low-code deve ultrapassar a marca de US $187 bilhões até 2030! Isso mesmo, e esse valor equivale a um crescimento de 31,1%.

2 – PWA ganhará ainda mais força

Os Progressive Web Apps (PWAs) já vem sendo um tema bastante discutido nos anos anteriores e a tendência é que ele ganhe mais força ainda em 2022.

Os PWA’s, em resumo, são sites que conseguem oferecer uma experiência de aplicativo ao usuário, ou seja, une a praticidade de acessar um site com a experiência e funcionalidades de um aplicativo nativo.

Se pararmos para pensar bem, conseguimos identificar diversas vantagens neste modelo: uma menor quantidade de bugs; mais armazenamento livre no seu celular; não tem a necessidade de atualizações constantes, entre outras. Além disso, os fabricantes naturalmente ainda saem com um lucro significativo, já que o desenvolvimento de software se torna muito mais rápido e barato de modo geral.

Vale ressaltar que um aplicativo nativo tende a ter performance e desempenho máximo, enquanto no PWA há determinadas limitações por se tratar de um ambiente híbrido. Contudo, a criação de um PWA exige muito menos burocracia e esforço que um nativo, portanto cabe à empresa analisar a melhor opção para sua realidade.

O objetivo final de um PWA é trazer agilidade e resolver de maneira simples e eficaz as funcionalidades mais comuns da sua  aplicação.

Se formos analisar as principais vantagens que o PWA traz, se destacariam: ganho de engajamento por permitir envio de notificações; praticidade de acesso já que o usuário não precisa fazer download, atualizações, aceitar os famosos termos de uso ou se deparar com dezenas de permissões e burocracias; agilidade; acessibilidade e responsividade.

3 – Não dá pra ficar fora da nuvem!

Quando falamos em tecnologia de nuvem hoje, automaticamente já vem à cabeça diversas discussões sobre o assunto que já vem se estendendo há alguns anos.

 A questão é que com essa pandemia do COVID-19, identificamos uma alta aceleração dos processos de modernização das empresas e a adoção de sistemas cloud acabou por se tornar uma necessidade indispensável.

Tenho certeza que você tem acompanhado nos últimos 2 anos a mudança da forma que as empresas vem trabalhando, muitas preferiram continuar adotando o home office ou o regime conhecido como híbrido, e diante desse formato de trabalho houve a necessidade de centralizar as informações e coordenar os processos das equipes.

Somado a essa mudança na logística de trabalho, os sistemas entendidos como legados se mostraram cada vez mais vulneráveis a violações e ataques, questão que vem aumentando muitos nos últimos anos. Então somado a modernização dos processos no geral, tecnologias de nuvem vieram para aumentar a segurança.

Todo esse cenário constrói uma projeção de crescimento muito significativa, segundo a Cloudwards, a estimativa de crescimento para o mercado de computação em nuvem é de US $ 832,1 bilhões em 2025.

4 – Segurança em foco

Outro assunto que se manteve em alta nos últimos meses foi a necessidade de modernização e diversificação de estratégias para aumento da segurança cibernética.

Isso é uma questão de lógica, se pararmos pra pensar no quanto as tecnologias vem crescendo e se modernizando, a necessidade de melhores estratégias de segurança acabam vindo acompanhadas.

Segundo um estudo feito pela Deep Instinct, existe uma forte expectativa que as técnicas dos hackers evoluam muito nos próximos anos, alguns métodos como o ransomware tiveram um aumento de 435% somente no ano de 2020, isso mesmo que você leu! Então o investimento em modernização da segurança é uma necessidade latente, tendo em vista que os métodos tradicionais talvez já não sejam mais suficientes para garantir total segurança e estabilidade cibernética para as empresas.

5 – Metaverso

Sendo um dos assuntos mais comentados nos últimos meses, metaverso é uma tecnologia que ao que tudo indica irá crescer muito nos próximos anos. Se formos conceituar, o termo faz referência a todo um universo virtual que envolve diversos elementos como mídias sociais, realidade virtual, jogos e criptomoedas.

Através de avatares digitais, as pessoas terão a possibilidade de interagir com todo um mundo virtual de uma forma totalmente realista e inovadora. Há quem diga que o metaverso seja o futuro da internet, e muitos especialistas afirmam que tem todo o potencial de mudar completamente a forma como os usuários interagem, se comunicam e compram online.

E já tem muita gente de olho nisso, o Facebook por exemplo já anunciou um investimento de cerca de US$ 50 milhões nesse tipo de tecnologia.

6 –  A revolução da inteligência artificial

Bem, o desenvolvimento da IA ( Inteligência Artificial) já não é uma novidade para ninguém, no entanto a previsão é que ela ganhe muito mais espaço em 2022.

Falar em IA significa pensar em muitas coisas, isso porque dentro dela existem dezenas de outras tendências que seguem evoluindo e ganhando espaço no dia a dia nas mais diversas áreas onde se pode aplicá-las. Seja no marketing, engenharia, educação, desenvolvimento de software ou qualquer outra área, a IA chega para automatizar os processos, deixando tudo mais produtivo, prático, moderno e proveitoso.

Nos últimos 2 anos podemos destacar o avanço da IA no setor de saúde durante a pandemia, o que vimos foi uma busca por modernização e adaptação dos processos à nova realidade, de acordo com as tendências sanitárias necessárias. A busca por tecnologia que contribua para esse segmento foi muito grande e segue crescendo esse ano.

A Markets and Markets lança uma previsão que haja um aumento global do mercado de IA de US $58,3 bilhões em 2021 para US $309,6 bilhões em 2026.

7 – Promova a melhor experiência possível para o usuário

A pandemia transformou e muito o comportamento dos usuários. As pessoas hoje tendem a passar muito mais tempo na internet e a busca virtual por serviços e produtos deve ter um aumento enorme nos últimos anos.

Diante desse cenários as empresas se viram na necessidade de promover a melhor experiência possível para o usuário, o foco em UX – User Experience é uma das tendências que vem se fortalecendo cada vez mais e seguirá aumentando nos próximos anos.

Os usuários se tornaram muito mais exigentes, e com isso a necessidade de modernização de layouts, simplificação de processos e modernização das interações se tornaram cada vez maiores.

8 – IoT – Internet das coisas cada vez mais presente

Não poderíamos deixar de citar a IoT, é uma das tendências que sempre apareceu  nos últimos artigos e continua ganhando um espaço cada vez maior no mercado, especialmente agora com a chegada do 5G.

Diversas empresas de tecnologia têm modernizado seus produtos e serviços agregando novas funcionalidades e interações nos seus dispositivos – TV, geladeira, microondas, fogão, luz, entre diversos outros.

Somado a esse cenário também devemos destacar a IoB – Internet of Behavior, ou internet do comportamento, que além de colher informações, consegue fazer análises minuciosas do comportamento dos usuários através das suas interações com os dispositivos.

9 – Blockchain e NFT

Blockchain também  continua se fortalecendo. Resumidamente, é um sistema que possibilita rastrear envio e recebimentos de informações pela internet. Como o nome já sugere, são pedaços de código gerados de forma online e que carregam informações ligadas umas às outras, como grandes blocos que formam uma espécie de corrente. Como se fosse um grande banco de dados centralizado.

Nos últimos anos ganhou destaque especialmente por possibilitar a transação das famosas criptomoedas.

Diante desse cenário surgiu um outro assunto que tem sido um dos mais comentados da atualidade, o NFT “non-fungible token” (ou token não fungível). Tem sido difícil pra muita gente conceituar e entender o que propriamente seria o NFT, vamos fazer uma rápida reflexão: se pensarmos em algo digital que não possui valor monetário propriamente, mas que por algum motivo qualquer passou a ter uma cifra associada a ele, isso é um NFT.

Mas o que eles tem haver? Atualmente muitas demandas em NFT tem utilizado a tecnologia blockchain por trás das criptomoedas, tais como o próprio Bitcoin ou Ethereum. Ou seja, há uma expectativa de unir as duas tecnologias para fortalecer ainda mais esse novo cenário digital. 


Mantenha-se informado! Acompanhe o nosso blog e confira todas as novidades do mundo de desenvolvimento web.

Por ,

17 de março de 2022

Compartilhar esta postagem

a

Você pode gostar também…

Mitos e Verdades sobre o universo da programação

Vamos apresentar aqui alguns mitos e verdades sobre o universo da programação e tirar algumas li...

8 Dicas para você se tornar um programador melhor

Hoje viemos trazer aqui 8 dicas para você se tornar um programador melhor do que já é, conseguin...

API: o que é e quais o Scriptcase tem disponíveis?

Entenda tudo sobre o que é uma API, pra que elas servem e exemplos de API's que já vem integradas...

Você pode gostar também…

Receba novas postagens, recursos, ofertas e muito mais a semanalmente.

Nós utilizaremos seu email para te adicionar a nossa Newsletter semanal. Você pode sair desta lista a qualquer momento clicando no link no final dos emails recebidos, ou entrar em contato conosco em vendas@scriptcase.com.br. Conheça nossa Política de Privacidade.